domingo, 26 de junho de 2011

Filme " Não me abandone jamais"

Eu sei que quando vc lê esse itulo deve pensa, " nossa deve ser um filme romantico daqueles bem bobinho" mas engana-se quem pensa assim.

Um filme que me fez refletir sobre várias coisas, não é um romance qualquer, nos faz aprender a dar valor a vida, valor aos detalhes que deixamos passar e o tempo que perdemos em nossas vidas por medo de arriscar.

Uma delas é sobre o amor, ok, se o filme tem um nome romantico, não poderia deixar de falar desse tema rsrs e também de amizade
Imagina o que é gostar de alguem, epelo fato de deixar as coisas acontecerem naturalmente, vc acaba pedendo a chance da sua vida, esua melhor amiga fica com quem vc gosta? É mais ou menos isso o que acontece no filme, mas diferente do que eu agiria, a menina manteve a amizade, na esperança de que o namoro dos dois acabasse e pudesse finalmente viver o amor que tanto quis, anos se passaram, ela resolve viver sua vida, longe de tudo e de todos, mas no fundo o grande amor ainda estava batendo em seu peito, e quando tem a chance de viver esse amor, descobre que há apenas pouco tempo para viver tudo isso, pq a morte está ao seu redor...
Morte que ronda pelo fato de que esse triangulo amoroso, desde pequenos foram criados com um unico intuito.... serem doadores de orgãos. Ok, doar orgão é uma ação legal, pretendo fazer isso quando morrer, mas uma coisa é vc escolher isso, outra coisa é vc não ter opção e nem saber quando isso vai acontecer. E pode ser que vc doe uma, duas ou tres vezes, td vai depender do que está sendo doado.... mas o que me fez pensar é: temos o livre arbitrio de nossas escolhas, é dificil imaginar crescer sem ter opção de vida, sabendo que vc foi criado para um unico intuito. E mesmo tendo toda libertade do mundo, pq nunca estamos satisfeitos, parece que mesmo podendo escolher cada passo que damos, podendo escolher o que viver, o que estudar, o que amar, continuamos presos a algo que muitas vezes não sabemos dizer o que.
Esse filme me fez ver que não podemos deixar de fazer as coisas por medo de amar, pois pode ser que seja muito tarde quando decidimos nos abrir, e que também temos que aprender a ver o quanto nsosa vida é bela, e que somos nós que escolhemos se queremos ver as coisas boas que acontecem, ou viver em função apenas dos acontecimentos ruins
Todo dia em nossas vidas coisas boas e ruins acontecem, cabe a nós decidir como será nosso final do dia =)

2 comentários:

*MARIANA* disse...

Xiii... acho que vou me acabar de chorar com esse filme hein...
Mas é tão bom ver filmes que nos fazem pensar né! Fico feliz por ter feito uma boa indicação pra vc!

camilinhamf disse...

simm, foi uma indicação muito boa, eu que agradeço rsrs, apesar q vc me indicou sem nem ver o filme huiashiashisa